https://www.google.com/adsense/new/u/0/pub-3159886379608766/home Pega o Mapa!: Seis meses na Austrália (Post Colaborativo)

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Seis meses na Austrália (Post Colaborativo)


"Com meus 20 e pouquinhos anos, não estava muita satisfeita no meu emprego, vendi meu carro e decidi fazer um intercâmbio (sim, clichê igual todo mundo com 20 e poucos anos).

Passaporte na mão, dinheiro no banco, só me faltava o destino. 

Procurei uma agencia que me ajudou muito! Fui Super bem orientada. Me ajudaram com acomodação, visto, escola, tudo que eu precisava. Entre tantos destinos nesse mundão, me veio a Austrália, o visto não é tão difícil de tirar, você precisa ter uma renda boa para comprovar (tinha a grana do carro no banco) e além de estudar o inglês você pode trabalhar legalmente no país, o que ajuda demais nos gastos. 

Austrália era o país... e a cidade? Bom, no Brasil moro na roça, não sei andar em cidade grande... Sydney nunca foi uma ideia, Melbourne diziam que era parecida com São Paulo, Gold Coast tinha muitos brasileiros... foi aí que surgiu Brisbane... e Brisbane, ganhou meu coração. 

Brisbane não é cidade pequena, mas não é grande. Não tem praia, mas é há 1 hora de trem da praia. Não é agitada, mas tem balada. Não é quente, mas não é fria. Sabe o que significa perfeição? Se você olhar no dicionário Australiano é Brisbane. Brisbane é cheia de parques, muito verde, muitos prédios e calma.
South Bank 
Primavera em Brisbrane


Chegado o dia de partir, fiz meu destino: Vitoria x São Paulo x Chile x Nova Zelândia X Sydney X Brisbane (sim, parece que não chega nunca, 33 horas de vôo ) e fuso de 12h para frente. Mas vale a pena cada minuto. Chegando lá, cadê minha mala? Nada de mala, a companhia área perdeu ela, mas era o de menos, eu havia chegado! Tinha muita coisa para ver né?!

Cheguei na hospedagem, tomei um banho sem sabonete, acordei no outro dia, conheci umas brasileiras na recepção que já me levaram no mercado, e acreditem estava tocando LULU SANTOS no mercado, como eu estava meio dormindo, me esqueci que estava na Austrália haha. Depois fomos a uma feijoada com pagode, comprei umas roupas e fui viver a realidade de Brisbane, que magicamente ganhou meu coração.

Estudei por 6 meses na escola ILSC, aprendi muito! Depois de 4 semanas sai da acomodação da escola e fui procurar meu apartamento. Morei com Brasileiros incríveis, pessoas amáveis, fiz amigos adoráveis. Sem dúvidas, o intercambio é uma experiência mágica, e acho que não importa a idade, se tiver oportunidade, faça!  Ah, e a mala apareceu depois de 3 dias na minha acomodação :) 


Eu sendo fofa com um Koala no Zoológico

A foto must have da Austrália
Onde está a Denise?
Bom, acho que vale umas dicas aqui:
Se você vai passar pouco tempo e tem interesse em aprender inglês, não more com brasileiros.
Se você vai passar muito tempo e vai precisar trabalhar, more com brasileiros. São eles que vão te ajudar em tudo, inclusive a arrumar emprego.
Emprego é emprego. Dinheiro é dinheiro. Não seja fresco. O importante é que seja honesto.
Não queira dar jeitinho brasileiro e nem leve a cultura de querer vantagem em tudo, isso é feio e na Austrália isso não cola.

Gastos:
Eu fui em junho de 2014, mas foi mais ou menos isso:
Passagem R$ 4.000,00
Escola ILSC 6 meses + Seguro de vida + Hospedagem 4 semanas (obrigatório) R$ 14.000,00
Exames do visto + despacho do visto R$: 700,00
Semanal aluguel + comida : AUS$ 155, 00 + 180,00"






Sobre a autora:

Denise.
Capixaba que gosta de cozinhar, viajar e dançar um bom forró.
Não posso ver porta de carro, ônibus ou avião aberta que se eu estiver de folga eu entro mesmo sem saber o destino. 
Nutricionista de profissão, comissária offshore por paixão

Nenhum comentário:

Postar um comentário