https://www.google.com/adsense/new/u/0/pub-3159886379608766/home Pega o Mapa!: Outubro 2016

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Ela, a travessia

Terminaram os cruzeiros da Costa Oeste, é hora de nos prepararmos para o tão esperado momento, aquele do qual todo mundo fala o tempo inteiro: o crossing. A travessia (crossing) acontece sempre que um navio precisa alterar de uma temporada para outra devido à estação do ano. No nosso caso, saímos do verão do Alaska para o verão da Austrália (com os 3 cruzeiros da costa oeste no meio). A nossa travessia dura 24 dias entre os EUA e a Austrália, com paradas no Havaí e em ilhas do sul do Pacífico como Fiji e outros pequenos países que provavelmente nunca ninguém ouviu falar, ao não ser aqueles acostumados a essa rota. 

Dos 24 dias, 14 dias são de mar (segura essa marimba, monamur). A programação é a seguinte:
- Seattle
- 5 dias de mar
- Honolulu (Havaí)
- Lahaina (Havaí) – pernoite
- 7 dias de mar
- Fiji – pernoite
- 1 dia de mar
- Mystery Island (Vanuatu)
- Vila (Vanuatu)
- Noumea (Nova Caledônia)
- 2 dias de mar
- Sidney

sábado, 15 de outubro de 2016

São Francisco 3

Deixamos a Golden Gate para o último cruzeiro. O dia estava lindo e assim que fomos liberados do navio, partimos direto para lá! Minhas lembranças de lá eram as mais deliciosas possíveis, cruzar a Golden Gate de bicicleta foi umas das coisas mais legais que já fiz em viagem. Dessa vez fomos andando...

São Francisco 2

Segundo cruzeiro para São Francisco, cruzeiro da “Corrida Maluca”. Nosso gerente (que, diga-se, é excelente no quesito manter-nos motivados) inventou uma dinâmica de grupo onde o objetivo era conhecer São Francisco. O grupo que enviasse mais fotos dos lugares selecionados, ganharia 300 doletas. 

Partimos para: o Wharf, tomar sorvete na fábrica  da Ghirardelli

São Francisco 1

Acordei cedo, às 5:30 da manhã, sem reclamar, pois o motivo era nobre: ver o navio entrando na baía de São Francisco. O sol nascendo atrás Golden Gate, que àquela hora ainda estava com a famosa névoa cobrindo os pés da ponte. Lindo e emocionante, se você ama São Francisco tanto quanto eu. Já faz 6 anos desde que me apaixonei essa cidade e foi uma delícia poder voltar! 

A Costa Oeste

Ahhhhhhh, a Costa Oeste! São Francisco! Aquela cidade pela qual me apaixonei há 6 anos atrás e prometi a mim mesma que voltaria. Bem, nem preciso dizer que quando vi que São Francisco estava na rota do Explorer, pulei de felicidade, ne?! Mas o que eu só fui  descobrir a bordo, é que seria um porto com pernoite (overnight), o que significa que: não trabalhamos à noite, podemos de fato curtir a noite da cidade (nem precisamos voltar pro navio, se não quisermos) e que só iremos embora no dia seguinte, à tarde. Não poderia ser melhor!!

São Francisco fez parte da rota do Explorer por 3 cruzeiros e todo mundo (TODO MUNDO) estava ansioso por esses cruzeiros na costa oeste, porque seria uma mudança maravilhosa de clima depois de uma longa temporada no Alaska. São Francisco prometeu muito. E cumpriu!