https://www.google.com/adsense/new/u/0/pub-3159886379608766/home Pega o Mapa!: Agosto 2016

domingo, 28 de agosto de 2016

A metade do contrato

Eu moro num navio. Não tenho janela. Meu quarto não tem mais de 8 metros quadrados e ele não é só meu. Minha cama é a de cima e as vezes quase caio quando acordo sonolenta. Mas toda vez que acordo, estou num lugar incrível. Você já foi dormir no Alaska e acordou no Canadá? Ou até mesmo foi tomar café da manhã e deu de cara com uma geleira enorme de paisagem? Eu faço isso toda semana e acredite, é único.

Eu trabalho em pé, cerca de 12 horas por dia. Os pés doem, as pernas doem, as costas doem, e os horários de descanso não são suficientes pro corpo se recompor, embora ele já tenha se habituado. Mas tem dias em que só trabalho por 3 horas, e posso usar as outras horas pra fazer algum tour incrível, porque sim, os tours aqui são incríveis! Na hora em que estou dentro de um helicóptero, ou no alto de uma montanha cheia de neve, ou até mesmo dentro de uma caverna de gelo, exatamente dentro de uma geleira, eu não me lembro de nenhuma dor. Você já pisou numa geleira e ouviu o barulho do gelo trincando embaixo dos seus pés? É surreal!

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Mendenhall Glaciar, Juneau - Alaska

Eu achei que andar de helicóptero e pousar no alto de um montanha coberta de neve tinha sido a coisa mais fantástica que eu fiz nesse Alaska, até aparecer o Mendenhall...

A geleira de Mendenhall (Mendenhall Glaciar) fica na cidade de Juneau, capital do Alaska, e tenho ela numa foto linda, no calendário pendurado na minha cabine. “Gente, como faz pra ir nesse lugar da foto?”. Pegamos 40 minutos de ônibus, depois mais 20 de caminhada, e chegamos no cenário maravilhoso do meu calendário: uma praia com uma cachoeira à direita e a geleira ao fundo. 

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

JUNEAU

Estamos na viagem 12 para o Alaska, faltam apenas mais 5, e até agora não escrevi sobre o primeiro porto em que o navio atraca: Juneau. O principal motivo é que Juneau é meio dia de mar, meio de porto (atracamos às 11 da manha), então geralmente trabalhamos até umas 2 da tarde. Mas quando podemos finalmente sair, sempre tem algum coisa pra fazer. 

Juneau é a capital do Alaska, e a terceira cidade mais populosa do Estado (mas não se empolguem, porque as cidades são todas pequenas). É uma ilha, então só pode ser acessada por mar ou ar. O difícil acesso, obviamente, encarece o custo de vida da cidade, que sobrevive do turismo e da pesca. Por outro lado, fortalece o turismo, principalmente o mercado de cruzeiros. Segue um mapa pra quem tá perdido no Alaska.