https://www.google.com/adsense/new/u/0/pub-3159886379608766/home Pega o Mapa!: SKAGWAY

quinta-feira, 2 de junho de 2016

SKAGWAY

Skagway é uma cidadezinha simpática no sudeste do Alaska, com uma vida baseada em turismo e venda de jóias (acredito eu que principalmente para turistas).

É bastante visitada, incluída nas rotas dos cruzeiros, e sua principal atração é o passeio de trem pela rota do ouro de White Pass & Yukon, embora existam também várias outras opções para os turistas mais aventureiros, tipo canoagem, aluguel e passeio de moto, rafting, passeio a cavalo e coisas do tipo.  A maioria dos turistas chega aqui por navios, também tem aqueles que viajam de carro, cidade mais próxima fica a aproximadamente 2 horas de distância.


O ouro foi descoberto na região de Klondike em  1889, e a construção dos trilhos do trem foi a única forma de tornar a exploração viável. Os trilhos ligam as montanhas aos portos e a obra levou 2 anos para ser concluída, um orçamento absurdo para a época e contou com mais de 35 mil homens e muitos, muitos animais. Só pra se ter noção da quantidade, 3 mil cavalos e mulas morreram na obra devido não somente ao clima, mas principalmente ao que podemos considerar “acidente de trabalho”, como cair da montanhas por exemplo. Imaginem vocês uma obra dessas em pleno anos 1890, trilho sendo construído morro acima e pedras dinamitadas rolando morro abaixo.  A obra  foi reconhecida, aproximadamente 100 anos depois, como um marco na história da construção civil mundial, juntamente com obras como a Torre Eiffel, a Estátua da Liberdade e o Canal do Panamá. (Pra quem faltou essa aula, o Canal do Panamá também foi obra americana, inclusive foi depois que o presidente Nixon usou, na obra do canal, um chapeuzinho de operário e foi fotografado, esse tal chapéu ficou famoso e hoje vale uma nota. O detalhe é que o “chapéu Panamá”, na verdade, é fabricado no Peru). Agora voltemos ao Alaska.

Skagway, na língua indígena local, significa “lugar que venta muito”. E venta mesmo! Ela é, na verdade, a parte “nova” da região, que inicialmente era povoada apenas em Dyea. As duas regiões são portos, separados apenas por uma montanha. Foi após a corrida do ouro que Skagway passou a crescer.
Skagway vista de cima, rio Yokun à esquerda e Dyea não dá pra ver porque fica do outro lado.

O passeio de trem é simplesmente maravilhoso! Dura quase 4 horas e nos leva até uma parte bem alta da montanha, coberta de neve. No caminho, cruzamos a fronteira com o Canadá, que na época rendeu ricos pedágios. Montanha acima, lagos congelados e uma vista incrível que mistura picos nevados com floresta e o vale com o rio Yukon lindão correndo. As fotos não fazem jus a beleza desse lugar...




5 comentários:

  1. Adorei a história do lugar! Se as fotos não fazem juz à beleza do lugar então não consigo nem imaginar como deve ser. Maravilhoso!

    ResponderExcluir
  2. Adorei a história do lugar! Se as fotos não fazem juz à beleza do lugar então não consigo nem imaginar como deve ser. Maravilhoso!

    ResponderExcluir
  3. Uma contadora de histórias essa Carolina... Tô pegando uma paixão por portos que tá saindo não sei de onde. Significa? Kakakaka.

    ResponderExcluir
  4. Tudo muito lindo Carol :D Adoro a parte histórica (Allan)

    ResponderExcluir
  5. Tudo lindo! Vá se acostumando com essas paisagens lindas! Espero que esteja bem. Beijos

    ResponderExcluir