https://www.google.com/adsense/new/u/0/pub-3159886379608766/home Pega o Mapa!: Janeiro 2010

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Sobre o Haiti e o G1

A intenção inicial era escrever sobre o CD "Hope For Haiti Now"...

Na sexta passada foi ao ar em mais de 30 canais (incluindo TV, Internet e outras mídias) o programa *Telethon "Hope for Haiti Now: A Global Benefit for Earthquake Relief", encabeçado pela rede de TV americana MTV. Com a organização de George Clooney e Wyclef Jean (que, aliás, tem decendencia haitiana), o programa foi apresentado de Nova York, Los Angeles e Londres, e contou com a participação de artistas como Madonna, Shakira, Sting, Alicia Keys, Christina Aguilera, Dave Matthews, Justin Timberlake, Stevie Wonder, Taylor Swift, Coldplay, U2, The Edge, Jay-Z, e Rihanna. Além dos músicos, também estavam presentes atores, atletas e apresentadores. O programa teve 2 horas de duração e arrecadou cerca de 66 milhões de dólares.

As músicas do show foram reunidas em um CD que está sendo vendido na rede e, em menos de uma semana, tornou-se o primeiro albúm digital a atingir o primeiro lugar na Billboard.




Como disse no início no post, a intençao era escrever sobre o CD, e como a internet vem sendo um meio fortíssimo de expressão e tal...

...Mas aí veio o G1 e me fez mudar o assunto da conversa!

Porque, tipo, eu não sei porque eu ainda me impressiono com esse jornalismozinho cachorro que o G1 faz e perco meu tempo comentando a respeito, mas não resisiti! Vejam voces que, sim, foi no G1 que eu vi a matéria sobre o CD e então, curiosa, fui procurar a respeito... Dentre os sites da MTV e outros que o google me indicou, encontrei o exato texto do G1, cada palavra, cada vírgula! A única diferença era o idioma!! Como assim, Bial? Faz favor, avisa pra esse pessoal que plágio é crime?! Tipo que tradução de site em ingles é coisa de universitário pra enrolar professor tapado, não de jornalista! DE-PRI-MEN-TE!

Então que única alusão à fonte que o G1 faz é "Da AP". Voce sabe o que é AP, coleguinha? Pois é, eu descobri hoje. AP é a sigla pra Assossiated Press ("Imprensa Assossiada") uma cooperativa dos EUA que distribui notícias pro mundo todo. Assim sendo, o G1 nao plagiou, porque citou a fonte, certo? Pode até ser,  mas foi uma citação tão cretina que a impressão que o leitor tem é de que a matéria foi escrita pro eles.  Porque veja bem, todos (enfase no todos) os jornais que trazem a mesma notícia, com as mesmas palavras, citam a fonte. E não dizem "AP", que niguém (salvo a galera que trabalha com jornalismo) sabe o que significa. Eles citam "Assossiated Press" mesmo!

Enfim, G1 às vezes me irrita! E fica aqui o meu protesto!


------------

*Telethon (Teleton, em portugues), é um termo formado pela junção das palavras Television e Marathon, e significa exatamente isso: uma maratona de arrecadação de fundos veiculada à TV por alguma grande rede, como o Criança Esperaça ou o próprio Teleton, da SBT ;)

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Seis...

Como não poderia deixar de ser, o post dos Seis Meses!! Metade de um ano, metado do Meu ano... Seis meses é um tempo razoável pra se viver em outro país, aliás, um intercambio de seis meses esteve na minha lista por um bom tempo, enquanto ainda me perguntava se daria conta ou não de cuidar de crianças. Pensei muito na Inglaterra e também na Austrália (o sotaque mais sexy do mundo), mas os preços eram impraticáveis, pelo menos por mim (mais uma vez a confirmação de que sou feliz como Au Pair hoje, mas decidi pelo programa por ter o melhor custo/benefício.)

Esses não são seis meses fora de casa, são seis meses sem poder voltar pra casa aos fins de semana, o que é bem diferente... Primeiro Natal sem a família, primeiro aniversário sem um abraço de alguém que te conheça a  mais de seis meses! E internet! Muita internet! Graças a Deus ela existe, porque imagine o tamanho da saudade que as pessoas sentiam, há 15 anos atrás, quando iam morar longe.

Foi tanto tempo planejando o intercambio que depois de alguns meses aqui senti um pouco de medo, até um certo "vazio" com relação ao que viria depois. É bobeira, eu sei, mas como boa capricorniana que sou, preciso de planos pro "futuro", e tendo meu plano central de 2 anos se concretizado, me veio a insegurança de "o que planejar agora?" Mas foi só uma fase...minha cabeça já voltou a trabalhar a mil com as possibilidade de "o que fazer quando voltar".

Então eu agradeço pelos seis que já passaram e espero pelos seis  que virão, porque apesar de estar gostando muito, um ano, no meu caso, vai ser o suficiente...

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

O primeiro nonsense do ano!

Meus meninos estão animadíssimos. E ninguém adivinha o motivo... Porque tá chovendo!! Porque né, no deserto não chove assim, com frequencia! E começou a chover hoje, no meu primeiro dia de aula , e  nesse semetre eu vou ter que ir de onibus pra faculdade porque o horário ficou bem apertado pra eles me levarem, enfim, nessa hora lembrei da minha vida em Vitória, atravessando a Terceira Ponte dentro de um Transcol lotado (pleonasmo, lógico, porque não seria um Transcol se não estivesse lotado), indo do trabalho pra faculdade, pensando nos mil germes dentro daquele espaço com as janelas fechadas... quando alguém espirrava entao, me doia a alma! Mas, como pessoa que sempre busca olhar o lado bom, eu respirava fundo e pesava "Eu poderia estar lá na roça, vendo novela, mas não, eu ESCOLHI essa vida". Pois bem, depois dessa rápida lembrança, pensei: Já to atrasada mesmo, vou esperar minha host chegar e pedir carona (eu já havia dito a ela que preferia chegar atrasada a pegar chuva), e foi assim que fizemos. Cheguei 15 minutos atrasada, e no prédio errado (mudou de curso, mudou de prédio). Então depois de uma corridinha básica na chuva, achei a sala. A propósito, estou fazendo aulas de frances. Porque eu ainda tenho minhas dúvidas quanto a ser rica, mas quanto a ser insuportável, acho que estou no caminho, minha gente! Aguardem!

E na hora de voltar pra casa, eu ainda tenho que presenciar a cena do meu host com seu novo brinquedinho, um rádio de carro que recebe sinal via satélite, todo muderninho, que ele ganhou de aniversário. Enquanto ele procurava pela sua estação do rock'n'roll anos 80, ele parou no canal da Playboy. E deixou. E eu ouvi um cara narrando uma cena um tanto assim, imprópria para menores. E eu ri quando o sujeito disse que havia sido o primeiro da moça. Aham, Cláudia... E quando o rapaz  arrancou a calça da donzela, meu host voltou à realidade e disse: "Ah, eu não deveria ouvir isso com a minha Au Pair". Me diz, eu guento?!

Ah, voce já votou na minha super enquete? To péssima hoje, né?! Eu sei, tenho noção...mas então, vota lá =D

Baisers!

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Às Futuras Au Pairs...

De vez em quando alguma "aspirante à Au Pair" me adiciona no msn, skype ou manda recado pelo blog mesmo, querendo saber sobre o programa. Sempre que posso, respondo, ajudo como puder, porque já estivesse "do lado de lá", louca, ansiosa, esperando família, acreditando num intercambio que pouca gente sabia a respeito...Mas se tem algo que me irrita é menina folgada! Nenhuma em especial, mas sempre aparece alguém que acha que é mais fácil perguntar sobre tudo o que já foi respondido do que pesquisar. Pra essas folgadas, fica a diga: Vc, muito provavelmente, nao vai aguentar o tranco, colega!

Já para que as pesquisam a respeito, que vivem na comunidade do orkut, como eu já vivi um dia (que, aliás, é o melhor lugar pra saber como as coisas realmente funcionam), para as que visitam os blogs, adicionam e fazem perguntar pertinentes, fica uma dica do Blog da Mari, que acabou de renovar com a família e fez um post bem bacana com vários pontos importantes para serem levados em conta na hora da escolha de família.

Porque a gente gosta de ajudar, mas larga a mão de ser folgada e vai pesquisar!

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Minhas ferias - Parte III: DC

Último post sobre a viagem. E vamos acabar logo com isso que ando assim, meio sem saco de postar! Desculpae quem le (e obrigada por ainda ler!) ...não penso em abandonar o blog, mas às vezes a preguiça é sinistra. Aliás, esse é o motivo pelo qual não tenho comentado muito no blog de vcs. Mas isso passa...

Então, depois da Philly, fomos pra Washington DC, onde ficaríamos dois dias em um quarto de hotel, que foi dividido por 6. Porque ser au pair é assim minha gente, o dinheiro é pouco mas a diversão é garantida!

Chegamos em DC dia 02, e fomo passear em Alexandria, (que fica do lado de DC mas pertence ao Estado da Virgínia) com a amiga da Ana, a Nani, que é um doce de pessoa, super gente boa e prestativa!

No dia 03, conhecemos a parte histórica à -20 graus célsius, e posso dizer que me apaixonei pela cidade. Super limpa, organizada e tem um sitema de metrö simplesmente perfeito! Só estando lá pra saber o que é aquilo!

Capitólio

 Casa Branca


 Memorial do Lincoln


Memorial de Washington

Pra fechar com chave de outro, voltei de Primeira Classe! Porque eu sou phyna, né minha gente! (estava eu, sentadinha na minha humilde cadeira no fundo do avião, quando um comissário me perguntou se eu "nao me incomodaria" em mudar pra primeira classe, pois eles precisavam de dois assentos vagos, e tinha um ao meu lado...)

Então minha viagem foi assim: pouco dinheiro (isso é regra!) e muita diversão (outra regra em se viajar com amigos!). Nunca senti tanto frio e comi tanto do McDonalds (one dolar menu é o que há! Agora to em processo de desintoxicação hahaha), e fazia tempo que não me divertia tanto!!

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Minhas ferias - Parte II: Virada na Times Square e Philadelphia

O segundo dia de NY foi tranquilinho também. Como estávamos em NJ, tivemos que esperar parar de nevar pra poder voltar a NY, o que só foi acontecer depois do almoço. Como as horas voaram, quando demos conta já era hora de ir pra Times Square.

Reveillon na Times Square é assim: chega-se cedo e fica-se em pé. É frio sim, mas nada que não seja suportável. Demos sorte pois estava previsto pra chover, mas só choviscou um pouquinho. Passar a virada na Times é uma experiencia interessante, e vale pra dizer depois "EU FUI", mas não tem nada de muito especial. À meia-noite, o tal "Globo"desce, bate numa placa que diz "Happy New Year", soltam um monte de papel picado, muita fumaça (imagino que seja "quase fogos de artifício" rs) e....ACABOU! Não diria que é decepcionante, porque seria injusto. A gente não pode comparar nenhuma festa americana à uma brasileira...

Encontramos TONELADAS de brasileiros, inclusive depois da meia-noite, quando estávamos andando, eu ouvi um grupo cantando "eu sou brasileiro, com muito orgulho e muito amor..." Virei pra Layne, que estava comigo, e disse "vamos lá AGORA!!". Daí quando chegamos eles tinham acabado de cantar, e eu falei "Ah não, viemos correndo pra cantar com vcs!!" Então eles começaram a pular e cantar de novo! Porque brasileiro fora do brasil é assim: Brasileiro pra caralho!!

No dia seguinte fomos pra Philadelphia. Conhecemos só a parte histórica da cidade (que pra quem não sabe, foi a primeira capital deste país) e essa parte é bem tranquilinha, principalmente no feriado. Não pagamos 25 dólares pra ver o museu da Lady Di, mas fomos de graça no Sino da Liberdade.





Ps: Para as Au Pairs:
1- Se quiser passar a virada na Times, chegue MUITO cedo, ou compre o ticket, que nem deve ser tão caro... e leve umas barrinhas de cereal!
2- Pode pegar o onibus da Go To Bus de NY pra Philly, é super tranquilo e tem até wireless.
3- Conhecer a cidade em uma tarde tambem rola, mas caso queira ficar em hotel, recomendo o Hollyday Inn. É muito confortável e super bem localizado, o único incoveniente é que não tem café da manhã, daí vc se vira num Pringles e numa Coca-cola ;)

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Minhas ferias - Parte I: NYC e NJ

Saí de Las Vegas no voo das 11 da noite do dia 29. O cronograma seria: Dias 30, 31 em Nova York, 01 Philadelphia, 02 e 03 Washington DC. Depois de 5 horas de voo tranquilo, sem crianças chorando nem homens roncando, chegamos no frio de NY. Menos 6 graus celsius, e posso dizer, o frio é de boa, com tanto que não esteja ventando... Essa viagem estava programado desde o Halloween, com a Ana e o Rodrigo. Aliás, a Ana estava inspiradíssima, sabia o mapa do metro de cor, super guia turístico! Porque a Ana é assim, uma menina tão simples e alto astral que é impossível não gostar dela!! Bom saber que a vida nos apresenta pessoas tão especiais que passam a ser da nossa família aqui.




Além da Ana e do Rodrigo, estavam a Layne, Carolina/Mexicana (claro que tinha que ter outra Carol!) e o Dudu. Nossa programação durante o dia foi tranquilinha, principalmente pq no inverno começa a escurecer lá pras 4 da tarde. Tinha planos MUITO CERTOS de ir à sede da ONU e ao Central Park, mas como meus planos certos sempre acabam meio tortos, não fomos. Então deixemos isso pra Agosto, antes de voltar pra casa, porque vai ser primavera, quente e lindo!

Então foi assim: Estátua da Liberdade, Times Square e Nova Jersey, onde ficamos na casa do Fábio, amigo da Ana.





Fomos a um Pub em NJ e fazia tempo que não escutava música boa, porque putaquepariu, não suporto mais hip hop! Conhecemos também o Gerson, e é muito louco como o simple fato de ser do mesmo país aproxima as pessoas. A comunidade de brasileiros em NJ é GIGANTE!




 E a rua amanheceu branquinha, linda!! Nevou durante toda manhã e só de tarde pudemos voltar pra NY.

 




Ps.: Dicas pras Au Pairs:
1- Programem-se com antecendia pra conseguir um bom preço em um hotel perto de Manhattan. Ficamos no Queens,  tem metro mas é longe...
2- Quando for à Estátua da Liberdade, tenha certeza de que o tour para na ilha e não só passa em frente.