https://www.google.com/adsense/new/u/0/pub-3159886379608766/home Pega o Mapa!: Ser Au Pair eh...

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Ser Au Pair eh...

Que eu vim pra esse pais pra cuidar de criancas sem nunca ter sequer trocado uma fralda nao eh novidade, neh? Ou eh? Bem, se for, eh isso: nunca cuidei de criancas. Na verdade nunca fui muito proxima delas, fui ter mais contato de uns anos pra ca, quando minha prima nasceu. Acho que nunca escrevi sobre isso no blog porque nao queria que esse fato interferisse no processo, nunca se sabe quem le isso aqui, ne?!

Decidi fazer um intercambio por varias razoes. Porque eu sempre quis morar fora, porque precisava melhorar o ingles, porque minha vida estava um saco, porque sempre me virei sozinha (pelo menos tentei), entao nunca tive muito problema em deixar pra tras algumas coisas. Comecei a pesquisar sobre intercambios. Vi varios paises e nao serei hipocrita a ponto de dizer que os Estados Unidos eram minha ultima opcao porque sempre quis conhecer esse pais. A verdade eh que eu cresci recebendo influencia da cultura norte-americana, inclusive motivo pelo qual comecei a estudar ingles. Mas tambem pensei muito na Inglaterra e principalmente na Australia, porque sou completamente apaixonada por aquele sotaque. So que esses paises eram inviaveis, pois eram muito caros e dinheiro, pra mim, era um problema. Minhas contas ja eram maior do que o salario (como sempre), entao nao tinha a menor possibilidade de economizar... Resolvi ser Au Pair! E nao venha me dizer que voce quer ser Au Pair porque ama criancas, que vou dizer, olhando nos seus olhos, que eh uma puta duma mentira. Voce quer ser Au Pair porque eh a maneira mais barata de se fazer um intercambio, e ponto! Se voce gosta de criancas, mais facil pra voce...

Tenho lido muitos blogs de futuras Au Pairs, onde algumas estao empolgadissimas, outras preferem nao colocar muitas expectavitas, pra depois nao quebrar a cara. O fato eh que a vida de Au Pair esta longe de ser cor de rosa. Morar com uma familia americana, escutar crianca mimada fazendo pirraca e ainda ter que limpar a bunda delas nao eh facil, mas tambem nao eh dificil! Familia perfeita nao existe, nem a sua eh! Logico que voce precisa de uma familia bacana, caso contrario seu ano sera dificil! Tudo depende dos seus objetivos, de como voce encara os obstaculos e tira proveito dos acontecimentos, assim como tudo na vida. E ainda bem que eh assim!! Com tudo isso vem muito aprendizado, a oportunidade de conhecer lugares que voce sempre quis e pessoas que voce nunca imaginou conhecer. De fazer coisas que voce sempre quis e tambem coisas que voce nunca pensou em fazer. E tambem aquelas que jurou que jamais faria, mas fez, sem pensar duas vezes!! Lidar com uma cultura diferente eh sempre um desafio, mas tambem eh muito gostoso!!

Pra quem se pergunta como estou me saindo como baba, respondo: muito bem, obrigada! Meus meninos me adoram, e posso dizer que ja estou apaixonada por eles! As vezes eles me deixam louca, mas tambem me fazem muito feliz! Nao tem nada mais gratificante do que a mae da crianca de agradescer, pois ela viu seu bebe contando ate 10 e sabe que foi voce quem ensinou. Nao tem nada mais gostoso do que estar deitada no sofa e um moleque pular no seu colo e te beijar com a boca suja de sorvete. De vez em quando, no banho, encontro um roxo na pele. Criancas se machucam, logo, voce tambem (principalmente se cuidar de meninos.)

Sendo Au Pair descobri que gosto mais de criancas do que imaginava e que tenho uma paciencia que desconhecia. Meninas que estao no processo: Pe no chao, foco, mas nao deixem de se empolgar com o processo, porque mesmo se esse nao for o melhor ano da sua vida (como vendem as agencias), com certeza vai ser muito divertido, diferente e delicioso!

Boa sorte com o match, o resto vem no pacote ;)

Bjoss!

20 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Clap Clap Clap!!!
    Carol, mandou muuuuito bem no post!!! Pés no chão, mas sem perder a empolgação!!!
    Nunca passou pela minha cabeça que será fácil, que vai ser tudo rosa, mas com ctz vou fazer de td pra que seja vivido da maneira mais proveitosa possível!!!!
    beijão florrr

    ResponderExcluir
  3. Nossa Carol, falou tudo que uma futura au pair deveria ouvir, é no chão SEMPRE.

    bjs

    ResponderExcluir
  4. amei, amei, amei E amei esse post. vc meio que deu uma continuidade no q eu tinha falado no meu blog, só que com a experiência de quem JÁ É au pair. é tipo o resultado desse sentimento q eu to aqui.
    nao tenho dúvidas q vc é uma excelente au pair e tds esses carinhos das kids não são a toa. nenhuma family é perfeita (como mta gente imagina e sonha acordado). mas, só de se dar bem, já é um bom começo.
    to adorando conversar com a host mom da minha family e, SIM, ela é brasileira. vai ser um desafio pra mim, ao mesmo tempo, um ponto de apoio em meio ao desespero.
    te desejo tudo de bom, carol. logo logo janeiro chega e tbm estarei aí pra fofocarmos as lamúrias da vida "auperiana", mas também, É CLARO, sairmos e curtirmos mto.
    adoro seus posts. KEEP WRITING, GIRL!
    um graaande beijo! amei seu comment no meu blog :*

    ResponderExcluir
  5. Que lindo!!! Mandou muuito bem e, nossa, me caiu como uma luva!
    Huhauahauhauha
    Um beijão!

    ResponderExcluir
  6. Uau!!!!! Carol!!!

    dorei seu texto!!! Ficou nítido o quanto tu já cresceu em tão pouco tempo vivendo aí!!! Parabéns pelas superações e pelo modo de encarar a vida!!! esse desafio vai te fazer cada dia uma pessoa melhor e com certeza te trazer muita felicidade!!!


    Bjuxx mil

    ResponderExcluir
  7. Nossaaaaaaaaaaaa... falou tudo!!! Assino em baixo do que vc escreveu Carol!!! Faz tempo que nao nos falamos hein!!! Saudades. Bjkassss

    ResponderExcluir
  8. Acho q eu não conseguiria limpar uma bundinha de neném!!

    ResponderExcluir
  9. Ótimo post Carol!
    Claro que na minha letter escrevi que quero ser au pair porque a-m-o crianças mais que tudo, mas a realidade é que é o programa mais barato e eu quero inglês fluente. O resto é o resto.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Oi Carol! Puxa tu escreve bem hein! heheh É isso ai Pés no chão mas com muita empolgação! rs
    Lembra de mim? Te incomodei com alguns e-mails mês atraz...
    Concordo q de primeira vista queremos ser Au Pair por ser a forma mais viável, mas acho também q se não fossemos pessoas flexiveis e se não tivessemos certa simpatia pelas crianças e disposição de cuidá-las nem pensariamos nessa possibilidade, como observei em muitas amigas minhas. Mas certo que o foco não é esse, é conhecer, estudar, estar em outra cultura, ficar fluente...
    Achei ótimo a tua descrição, ótima para futuras Au Pairs, mas acho essencial gostar de crianças pois a final vamos lá pra essa função não é?! Talvez muitas meninas não dêem certo por causa disso né?
    Antes de resolver ser Au Pair eu tmb não tinha quase experiência com crianças apenas com o irmão do meu namorado, mas o que acho que realmente vale é nossas capacidades e nossa segurança. Acho que você deve ter se dado bem ai por causa disso, imagino q vc deve ser uma mulher capaz e incrível para tudo ficar jóia ai! Espero conseguir o mesmo!!!
    Bjos!
    Laura

    ResponderExcluir
  11. Clap, clap, clap, clap. ²

    E eu assino em baixo!!

    Nossa Carol quando começei a ler o seu post pensei... Meu Deus! Eu podia ter escrito isso.. pq se encaixou como uma luva pra mim... perfeito de início ao fim... aliás.. ao fim eu não sei pq ainda não estou de fato sendo au pair.. mas espero que sim!!! rsrsrsrs..

    PARABÉNS pelo texto, se tivesse uma votação pra prêmio de melhor post da semana fato que seria o seu!! hehehehehe... ;)

    Beijossss, ah! Posso te add no msn?

    ResponderExcluir
  12. Carol
    exceto o fato de q eu já cuidei de crianças (e muitas por sinal), me identifico totalmente com o q vc disse..
    sempre tive q me virar tbm e n falo isso achando q devo se canonizada, mto pelo contrário, sempre soube q as coisas eram difíceis e ainda assim fiz algumas burradas... mas qm n faz, n é mesmo?
    O fato é que, olhando para as coisas desse ponto de vista, nos faz querer mto mais!!
    Foi ótimo ler o q vc escreveu, definitivamente brutal e inspirador rsrsr

    Bjoo

    ResponderExcluir
  13. Ah, vcs sao fofas, adorei os comments!!

    Acredito que a maior parte das au pairs nao tenha tanta experiencia com criancas, como disse. Mas o fato eh que, tendo ou nao, vc tem que SABER que vai dar conta, afinal eh um ano com pequenos sob sua responsabilidade!

    Laura: Sim, eh essencial gostar delas! Hoje eu sei disso... Quando to no playground, vigio ate os filhos dos outros rsrs

    Gabi: eu ja fiz tanta burrada que nem sei. Acho que eh assim que a gente aprende!rs

    Bjoss!

    ResponderExcluir
  14. Gosto muito muito muito dos seus posts, você é minha amiga mais competente! :D Gostou, né?! Me lembrei de você na quarta, fazendo prova do Rodriguinho. Você faz uma falta...
    Que bom que você esta se descobrindo e vc sempre gostou de crianças tá! O que é você babando colorido na Sofia!!! Aproveita tudo e volte antes da minha pessoa ir embora, please!!
    Muitas saudades!!! Beijos beijos!!

    ResponderExcluir
  15. Uauuuuuuuuuuu
    Carol....arrasou no post.
    Vida de aupair imagino que naum eh facil.....a minha de intercambista aqui em Londres tbm naum esta sendo.
    Mas tudo eh questao de objetivo, como vc mesmo disse, e ADAPTAÇAO!
    Bjooooooooooo

    ResponderExcluir
  16. Bem Carol, adoro sua sinceridade! Também não sou uma das maiores fãs de crianças mas sei que é gostoso trabalhar com elas, dei aulas de capoeira pra crianças e sei o quanto é gostoso ganhar aqueles abraços e beijos cheios carinho! Sem contar que um ano no exterior é uma experiência incrível, muitas garotas, inclusive eu, topariam cuidar de criança numa boa para ter uma oportunidade dessas, sem pensar duas vezes!

    Tudo de bom pra ti

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Oii Carol
    tenho certeza de q assim a gente aprende MESMO! hehe

    passando só pra desejar um ótimo final de semana!!

    beijos

    ResponderExcluir
  18. os meus tb me deixam louca algumas vezes, mas amo eles...
    somos au pairs, mas somos capazes de nos divertimos com o pouco q ganhamos...rss

    ResponderExcluir
  19. Olá Carol...
    Bom sou um futuro au pair e como seguidor do Vini (Its Like To Be A Male Au Pair) vim aqui no teu blog ler este teu post que esta otimu!
    concordo com TUDO ai!
    keep posting!

    ResponderExcluir